sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Quantas vezes se deve ir ao banheiro por dia ?

É um senso comum que o horário de ir ao banheiro para evacuação intestinal é o da manhã.

Reserva

O regime de evacuação depende do método de alimentação do indivíduo. O corpo tem uma regulação baseada em reserva até que haja aporte, ou seja, ele elimina o que está retido desde que perceba que vai poder dispor de novos recursos.

Reflexo pós-refeição

Após uma refeição, principalmente com alimentos quentes, é normal sentir um "sinal" das regiões intestinais. Afinal, se algum alimento ENTROU, o corpo fica tranquilo para se ALIVIAR. Se, no entanto, você não responder ao impulso indo ao banheiro, a vontade passa em uns 10 minutos.

O normal observado

Segundo os coloproctologistas, o normal são duas evacuações por dia, podendo chegar a três, para pessoas que tem uma alimentação que contempla proteínas, carboidratos e fibras, e a ingestão regular de água.

Exercícios

Os exercícios ajudam o corpo internamente a processar melhor o alimento, pois pela alternância de posições, os gases intestinais (produtos gasosos da digestão) são expelidos com maior frequência. Ficar sentado por muito tempo acumula gases no organismo.




4 comentários:

  1. Olá, em primeiro lugar, parabéns pelo blog, os posts são bem interessantes.
    Meus intestinos funcionam muito bem, com regularidade e até horários específicos, como 10 minutos após levantar pela manhã. E tem ficado cada vez melhor à medida que tenho melhorado minha alimentação.
    No entanto, gostaria de saber o porquê de sempre que viajo - absolutamente sempre - meus intestinos param de funcionar durante uns 5 a 7 dias, sem que eu sinta vontade de ir ao banheiro e sem que me sinta muito "preso" ou pesado. Após esse período, voltam a funcionar com timidez, que só se desfaz após uns 15 ou 20 dias, apesar de eu manter uma alimentação mais parecida possível com a que faço cotidianamente. Procurei sobre isso na internet e não achei muita coisa. Agradeço a atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Agnamastitus, isto também acontece conosco. Mesmo mantendo a mesma alimentação, e acrescentando frutas (fibras) no café das Pousadas, este fenômeno ocorre.
      Isto se deve única e exclusivamente ao sistema nervoso que, encarando a MUDANÇA como uma AMEAÇA, retêm as reservas já processadas e a processar do organismo.
      Depois que a pessoa se ambienta no novo "LOCUS", o funcionamento volta ao normal (se for uma viagem de longa duração), ou quando o indivíduo retorna para casa.

      Excluir
  2. olá,eu acho incrível essa autonomia do corpo humano, é quase como se meu corpo não me pertencesse... muito obrigado !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Interessante seu comentário. Na verdade nosso corpo não nos pertence mesmo, pertence sim a natureza que nos empresta o mesmo, e um dia ela nos tomará ele de volta. Abraço.

      Excluir